Monthly Archives: Fevereiro 2009

Macholândia. vol.2.

Capítulo de hoje:  O Bidê

 

Machos deste Brasil impávido e colosso. Filhos desta pátria generosa. Guerreiros do dia-a-dia. Gladiadores das dificuldades, hoje o assunto é delicado. Tão delicado que a palavra é em francês. Bidet.

Todo homem que prese pela sua integridade emocional e, perante a sociedade precisa manter a estirpe de um bom macho, tem asco deste aparelho inventado pelos nosso querido amigo Marc-Antoine Jacoud. Agora, pensa comigo, caro macho, pensa comigo, porque quem pensa, pensa melhor parado. Será que o nosso ancestral francês tinha más intenções quando inventou este jato higiênico? Será que ele era um sórdido ermitão que queria transmitir um trauma passado para todas as outras bundas espalhadas pelo planeta? Duvido muito, duvido muito, trata-se de mais uma invenção brilhante, que um homem brilhante fez e que o mundo moderno estigmatizou, mas que hoje, aqui na Macholândia iremos desistigamatizar.

Pois bem, aqui vai uma breve historinha coletada para elucidar nossa teoria:  ” Criado por marceneiro da Família Real Francesa, pois a rainha da França, segundo ditos da própria história, embasada em fatos narrados na literatura francesa, sentia-se “suja”, em não ter um recepiente para lavar suas partes íntimas, encomendou aí tal peça aos marceneiros real, os quais montaram uma peça em madeira, adaptada ao corpo real.” 

Sacô a origem nobre da parada mermão? E você vai negar este instrumento nobre do seu dia-a-dia por puro machismo? Para com isso, economize árvores, para de sujar o meio ambiente com o papel sujo rapaiz, mas para tanto você precisa de uma aula aqui no macholândia para saber utilizar o instrumento. Seguinte.

Terminou o serviço? Está aquele cheiro insuportável no banheiro? Insuportável para todos os outros, claro, motivo de orgulho para você, tudo o que você precisa fazer é certificar-se de ter em mãos:

– Sabonete. Não, não pode ser líquido, tem que ser o tradicional sabonete.

– Toalha ao alcance.

– E um bidê

O mais importante do bidê é o timming. Simplesmente você não pode enrolar, do contrário vão achar que você está gostando. Para não dar brecha para esse tipo de pensamento leviano sobre sua pessoa, ao sentar-se no bidê, prepare o sabonete e fique de olho na toalha. Ao começar o jato higiênico de água, comece a realizar a higiene com o sabonete. Certifique-se, muito rapidamente que tudo já está limpo e enquanto fecha a torneira, alcance a toalha.

O processo acima descrito não pode exceder 10 segundos. Sim, mais do que 10 segundos e você tá de sacanagem.

Você vai sair como um herói do banheiro. Pôs sua masculinidade em prática, como o bom lema da macholândia. Colaborou com o meio ambiente, pois não gastou papel, e o mais importante de tudo, saiu com a honra lavada e intacta. Você hoje é a prova da superioridade do macho na sociedade. Parabéns.

 

Grau de dificuldade: 9

Experiência adquirida: 6

Grau de satisfação: 9

 

E jamais se esqueça: Macho que é macho não precisa pôr a masculinidade à prova, tem que pôr a masculinidade na prática.

 

Um abraço e até a próxima.

 

W.B

Transite. Livre.

Tendo em frente o absurdo completo, repouse

Macholândia

Episódio de Hoje: Lavando o carro

 

Machos que estão por aí fazendo seu trabalho braçal, colocando todos os dias sua força a prova, elevando seus cérebros superiores a uma condição ainda mais elevada e porque não superior, chegamos a um ponto trivial de nossas existências: Lavar o carro.

Desde que Deus inventou o carro, o homem inventou a sua higiene. Para muitos machos (os de respeito, claro) o carro é uma espécie de prolongamento do corpo, é um orgão que caprichosamente não está em nosso corpor mas é tão vital quanto nosso cérebro e nosso coração (em ordem de importância, claro, denovo).

Aí você acorda em um belo dia ensolarado, aquele verão latente na porta da sua janela e sorridente  encontra o seu amigo, o pedaço mais próximo e leal de si, todo emporcalhado. Meu Deus! Para com isso hombre! Tá na hora de mudar essa postura.

Tá na hora de dar um banho no seu fiel e leal escudeiro. Oras Oras, é ele quem leva você para todos os lugares, é ele quem  impressiona todas as mulheres, e muitas vezes ele é serve de quarto e cama silenciosos para você e sua gata se divertirem. E você vai se recusar a dar um banho nesse exemplo de hombridade que nunca te deixou na mão? Isso não é atitude de homem. Isto é recusar a hombridade que Deus lhe deu. Isto é renegar quem sempre serviu de teto quando os tempos estavam ruins e e que já foram seus pés quando os mesmo não puderam te levar adiante.

Faça o seguinte, não é muito complicado, não precisa ter medo, e muito menos levar para um terceiro fazer isso. Você vai notar que passar 20 ou 30 minutos com seu carro vai lhe dar uma experiência, uma vivência, uma intimidade com ele que vai melhorar em 300% seu relacionamento com qualquer ser vivo. Aqui vai uma lista das coisas que você vai precisar ter em mãos para realizar essa tarefa:

-Um balde

-Uma toalha (Velha)

-Sabão

-E água, muita água.

Seguinte, pega um balde de água e lasca em cima do bonzão. Não molhou completamente? Repete o processo porra! Aí você inicia o carinho ensaboado. Manda bala com a toalha, depois disso, água denovo e espera ele secar.

Muito complicado? Muito difícil? Desgastante? Degradante? Para com isso, Homem que é homem não reclama. Você vai ver, o próximo broto que subir na sua caranga vai dizer: Nossa! que carro limpinho. Você vai ver garotão, depois disso é só correr para o abraço, e nunca se esqueça do nosso lema:

Macho que é macho não precisa pôr a masculinidade à prova, tem que pôr a masculinidade na prática.

Grau de dificuldade: 5

Experiência adquirida: 8

Grau de Satisfação: 10

Um abraço e Até a próxima.

 

OBS: Macholândia talvez seja um quadro bastante corriqueiro e comum aqui no dabliubê. Não se acostumem rapidamente ou pode ser que seja capaz de que ele não seja assim tão corriqueiro e comum. Abrás.

Nessa nossa terra que não cansa de cantar

guarda_chuva

 

 

Esteja aonde estiver

Não se esqueça de levar o seu.

 

Beijos e abraços do dabliubê.

Da série: “Paga pau de Pasquim”

O Dabliubê é bem bonzão assim mesmo:

 

Mais verde que susto de esperança

 

Mais eficiente que uma CPI completa 

 

Mais sério que cachorro cagando

 

E muito mais rápido que polícia correndo de ladrão

 

Ou seria o contrário?

 

Fica para uma próxima.

 

Hasta la vista babies.

 

Abracadabrassos do Dabliubê.

A todos aqueles que são de Dylan

 

 

É isso que acontece quando alguém muito esperto junta duas coisas fantásticas.

 

Dylan e Gondry

 

Distribuindo Abracadabrassos a todos.

 

Até a próxima.