A bobeira de decidir escrever qualquer coisa (que o valha?)

joseph_mallord_william_turner_076Certamente que era uma tempestade e tanto, pensou o primeiro dos remadores

Difícil imaginar que possamos superar esta tempestade capitão, bradou o segundo remador. Este, o remador, que remava bem ao lado do primeiro, reamador.

Deus está nos punindo por todas as injustiças e infâmias cometidas, pensou a mulher desesperada agarrada ao seu bebê.

Neste momento não havia distinção entre remadores e remados. Ambos sentiam medo. Poucos tinham coragem. Mas ninguém nunca viu o lado do mar. Nunca.

Bai Bai.

foto do quadro de William Turner

texto do William Biagioli

 

Um abracadabrasso.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s